Social Media Links:

Síguenos:

Cancuún México 29 de noviembre - 10 de diciembre 
Choose your prefered language: Español | English

Clear Weather

Clima transparente

Brazil
Folha de S. Paulo
01/09/2010

Só têm a ganhar os esforços mundiais de combate ao aquecimento global caso o IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática, na sigla em inglês) acate as recomendações do grupo independente de cientistas que acaba de concluir revisão sobre as práticas do organismo.

O IPCC, ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 2007, se vê sob tempestade de desconfiança desde o fim do ano passado, quando vieram à tona e-mails revelando que pesquisadores do painel, ligado à ONU, agiam para barrar estudos propostos pelos chamados céticos do clima -para os quais o aquecimento global não é provocado por ação humana. As suspeitas sobre a lisura das conclusões do IPCC aumentaram com a revelação de que a entidade se baseara em informação extraída de uma reportagem, e não de estudo científico, para afirmar em relatório que as geleiras do Himalaia se dissolveriam até 2035. Esses e outros erros levaram a ONU a determinar a criação de um grupo de 12 cientistas, escolhidos pelo IAC (InterAcademy Council, órgão que reúne academias de ciência mundo afora), para avaliar o trabalho do órgão.

O grupo divulgou anteontem o resultado da auditoria, recomendando práticas que, se adotadas, oxigenarão o trabalho do IPCC, conferindo bem-vinda transparência a seus estudos. Entre as recomendações, destacam-se: a inclusão de membros de fora da comunidade do clima no comitê executivo do painel; a abordagem explícita das controvérsias relacionadas às mudanças climáticas; e o estabelecimento de um mandato com tempo limitado para o presidente do organismo (o atual, Rajendra Pachuri, está no cargo desde 2002). Pachuri admitiu que "podemos mudar o IPCC para melhor" -e se comprometeu a fazê-lo. Disse, porém, que não pretende renunciar ao cargo. Resta esperar que, caso continue nas atuais funções, tome as medidas necessárias para recobrar a credibilidade de um órgão cujos estudos são fundamentais para embasar as negociações para a redução das emissões globais de carbono, que terão nova rodada no México no fim deste ano.

El contenido de las noticias que se presentan en esta sección es responsabilidad directa de las agencias emisoras de noticias y no necesariamente reflejan la posición del Gobierno de México en este u otros temas relacionados.

    

Page 'Breadcrumb' Navigation:

Site 'Main' Navigation: